Pandemia de COVID-19 – Actualizado

https://www.nossasenhoraremedios.pt/wp-content/uploads/2020/03/cov-e1584059903545.jpegPandemia de COVID-19 – Actualizado

Comunicado da Conferência Episcopal Portuguesa

Em consonância com as indicações do Governo e das autoridades de saúde, a Conferência Episcopal Portuguesa determina que os sacerdotes suspendam a celebração comunitária da Santa Missa até ser superada a atual situação de emergência.

Também devem seguir-se as indicações diocesanas referentes a outros sacramentos e atos de culto, bem como à suspensão de catequeses e reuniões.

Estas medidas devem ser complementadas com as possíveis ofertas celebrativas na televisão, rádio e internet.

Permaneçamos em oração pessoal e familiar, biblicamente alimentada, confiados na graça divina e na boa vontade de todos.

Lisboa, 13 de março de 2020

 

 

 

Comunicado desactualizado a partir  data de 13 de Março a partir das 11h. Acrescenta-se a Suspensão das Eucaristias e Pastoral da Caridade

“Pai-Nosso…. livrai-nos do mal”  Mt 6

Caro irmão em Cristo,

Envio a Nota do Nosso Cardeal Patriarca D. Manuel Clemente, no passado dia 11

 

Nota aos diocesanos de Lisboa sobre a atual situação sanitária

Caríssimos diocesanos,

Diante da atual situação sanitária, que também afeta o nosso espaço diocesano, adianto-vos o seguinte:

  1. Como cidadãos, devemos atender a todas as indicações das autoridades sanitárias e civis, para prevenir situações de risco. Como crentes, não deixaremos de viver o atual momento com fé no Deus da vida, que nunca abandona ninguém, sobretudo nas ocasiões mais difíceis. Mantemo-nos em oração por todos, em especial pelos profissionais de saúde e pelos doentes e suas famílias, certos de que assim se alarga a esperança e reforça o ânimo.
  2. Todos poderão contar com a generosidade dos sacerdotes, diáconos e agentes pastorais, que nunca deixarão de acompanhar quem precisa de apoio humano ou sacramental. Generosidade que incluirá a prudência necessária para não prejudicar direta ou indiretamente ninguém. São de adiar as celebrações penitenciais com confissões e não se deve recorrer à absolvição geral.
  3. Tomem-se em devida conta as indicações já dadas pela Conferência Episcopal Portuguesa, designadamente quanto à comunhão na mão e à omissão do abraço da paz e da água benta nas respetivas pias. Igualmente, outras que têm sido dadas sobre não beijar imagens e a maior distância e resguardo na administração da reconciliação sacramental.
  4. As vigararias, sob a coordenação dos seus vigários, devem seguir as determinações das autoridades nacionais e concelhias sobre espaços públicos e eventos em geral. Onde se encerrarem escolas, devem suspender-se as catequeses e outras ações pastorais que envolvam grupos mais numerosos. Cumpram-se as indicações quanto a visitas a estabelecimentos de saúde e prisionais, bem como a lares e residências. Quanto às celebrações em templos, também se seguirão prudentemente as diretivas das autoridades.

Convosco, com oração e muita estima,

+ Manuel, Cardeal-Patriarca

Lisboa, 11 de março de 2020

 

 

Tendo em consideração a pandemia de COVID-19, assumiremos várias atitudes que visam reduzir o ritmo de propagação do vírus SARS-COV-2. Com estas medidas pretende-se, sobretudo, evitar que sejam realizadas atividades que envolvam a reunião de grupos na nossa paróquia e minimizar o possível contacto com pessoas com risco epidemiológico conhecido. Relembramos que com recurso à internet, os grupos poderão manter reuniões que considerem necessárias.

As visitas aos irmãos doentes que estão em casa devem ser substituídas por contacto telefónico.

  • Primeiramente, evocamos a responsabilidade e solidariedade de cada elemento que constitui a paróquia, no sentido de cumprir no seu quotidiano as medidas que já foram e que venham a ser determinadas pela Direção Geral de Saúde (DGS). Ao seguirmos estas orientações estamos não só a proteger-nos, mas também todos os que nos rodeiam, nomeadamente, pessoas pertencentes a grupos de risco que todos nós conhecemos (relembrando aqueles que são referidos mais frequentemente, idosos, pessoas com doença cardiovascular, diabetes, doenças oncológicas, doenças que causem imunossupressão).

 

  • No que diz respeito às atividades da nossa paróquia, encontram-se a partir de hoje SUSPENSAS (conforme orientação do Patriarcado de Lisboa).
    • Catequeses de infância e respetivas festas, adolescência, juventude e de adultos
    • Atividades semanais dos restantes grupos paroquiais (Grupo Cristo Vive, Legião de Maria, Visitadores, CPB, Centro de Estudos, reuniões de grupos.
    • Atos litúrgicos não sacramentais (liturgia das horas, Via-Sacra, Terço) e Eucaristia

 

  • MANTÉM-SE com medidas de funcionamento restritas:  Centro Social e Paroquial da Bobadela.

 

Lembrar sobre os cuidados a ter dentro da Igreja

  • No interior, as pessoas devem sentar-se junto do seu agregado familiar, distanciando-se a pelo menos 1,5 metro de outro grupo familiar
  • Recomendamos que pessoas com queixas respiratórias ou febre não se desloquem à Igreja, devendo contactar o SNS24, para esclarecimento em relação a outras medidas a adotar.
  • Recomendamos, igualmente, que não se desloquem à igreja pessoas com contacto recente, isto é, igual ou inferior a 14 dias, com pessoas infetadas pelo vírus SARS-COV-2 (incluindo profissionais de saúde que trabalhem em serviços que estão a prestar cuidados a estes cidadãos) ou que tenham realizado viagens ao estrangeiro neste mesmo período

 

Agradecemos a vossa compreensão e colaboração para estas atitudes. Caso surja alguma questão em relação ao funcionamento de algum grupo, deverão entrar em contacto com o pároco.

 

Unidos em Cristo, firmes na oração com Pai, e no Espírito Santo com

Nossa Mãe, Nossa Senhora dos Remédios e da Paz

Conto com a vossa Oração

Pe Marcos Castro

Author Description

webmaster

No comments yet.

Join the Conversation